Category Archives: Infra

Ferramentas automatizadas de gestão de Infraestrutura

São ferramentas de gerenciamento de Ativos de Redes e de toda a Infraestrutura de TI da empresa. Além disso, exercem a função de monitoração dos mesmos e auxiliam na resolução de alguns problemas.

Abaixo dois exemplos:

  • IBM Tivoli
    • Uma ferramenta automatizada de gestão de Infraestrutura de rede, tal como o IBM Tivoli, possibilita a redução de tempo de diagnóstico de problemas com a rede e de implementação de soluções para esses problemas.
  • WBEM
    • Oferece suporte para a gerência unificada de todos os sistemas e redes de uma organização. Ela é compatível com os protocolos de gerência SNMP, DMI e CMIP
Advertisements

Serviço Orientado a Conexão e Serviço não Orientado a Conexão.

 
A internet fornece dois serviços as suas aplicações distribuídas: um serviço orientado a conexão e um serviço não orientado a conexão. De maneira geral os dados do serviço orientado a conexão garantem que os dados sejam entregues aos destinatários em ordem e completos. O serviço não orientado a conexão não garante essa entrega.
 
Serviço Orientado a Conexão (TCP)
Quando uma aplicação usa o serviço orientado a conexão, o cliente e o servidor (que residem em diferentes sistemas finais) enviam pacotes de controle um para o outro antes de remeterem os dados reais. Esse procedimento de apresentação alerta o cliente e o servidor, fazendo com que eles se preparem para um "rajada" de pacotes.
Uma vez que o procedimento de apresentação tenha terminado, diz – se que uma conexão foi estabelecida entre os dois sistemas finais. Mais os dois sistemas finais estão conectados de maneira muito tênue, por isso a terminologia ‘Orientado a Conexão’. Apenas os sistemas finais ficam cientes dessa conexão, os comutadores de pacotes ficam completamente alheio a ela. Os comutadpres de pacotes não armazenam nenhum dado ou informação a respeito da comunicação.
 
Serviço Não Orientado a Conexão (UDP)
Neste tipo serviço não existe apresentação entre os sistemas finais. Quando um dos lados de uma aplicação quer enviar pacotes ao outro, ela simplesmente os envia. Como não há apresentação os pacotes podem ser remetidos mais rapidamente, mais também não há confirmações de entrega.
 
 
Fonte
Livro: Redes de Computadores e a Internet
Autores: James F. Kurose e Keith W. Ross
Editora: Addison Wesley