Planejamento e Estratégia

Considerando o momento atual de grande competição devido a globalização, a expectativa de vida das organizações será determinada pela sua capacidade de se adaptar a um ambiente de continua evolução. Essa necessidade de sobrevivência e prosperidade, um cenário de constantes mudanças requer das organizações a criação estruturada de estratégias que tragam vantagens competitivas.

A estratégia também está diretamente relacionada com o Modelo de Negócio da organização e o ambiente onde ele está inserido. O Modelo de Negócio é o elemento central da estratégia e deve ser diferenciado da concorrência, pois busca uma vantagem competitiva.

“A estratégia de uma organização descreve como ela pretende criar valor para seus acionistas, clientes e cidadãos.” Robert S. Kaplan, David P. Norton

Conforme definidos por Robert Kaplan e David Norton estes são os princípios-chave para alinhar os sistemas de mensuração e gestão com a estratégia:

  • Mobilizar a mudança por meio da liderança executiva;
  • Traduzir a estratégia em termos operacionais;
  • Alinhar a organização com a estratégia;
  • Motivar para transformar a estratégia em tarefa de todos; e
  • Gerenciar para converter a estratégia em processo contínuo.

Além de procurar viabilizar o objetivo dos acionistas e de atender às expectativas dos demais stakeholders, a estratégia da organização pode contribuir, por exemplo, para a consecução dos seguintes benefícios:

  • A equipe executiva e os colaboradores passam a ter uma visão compartilhada do negócio;
  • Os recursos e os esforços da organização são direcionados aos objetivos considerados prioritários;
  • As oportunidades emergentes no mercado são percebidas e exploradas com maior velocidade;
  • As mudanças na sociedade e no mercado e seu impacto na posição competitiva da empresa são rapidamente identificados e monitorados;
  • A sistemática análise crítica da estratégia competitiva e sua consistência, em face dos resultados obtidos e das mudanças no ambiente competitivo.

Planejar é definir os objetivos e escolher o melhor caminho para alcança-lo. O planejamento é uma função administrativa que determina antecipadamente o que se deve fazer e quais objetivos devem ser alcançados.

“O planejamento estratégico se trata de uma metodologia gerencial que permite estabelecer a direção a ser seguida pela organização, visando um maior grau de interação com o ambiente” Philip Kotler

Diferenciam-se níveis de planejamento de acordo com o seu significado, alcance ou impacto sobre a natureza dos problemas que se pretende solucionar com esse enfoque para ação futura, que é o ato de planejar. São três esses níveis de planejamento:

  • Planejamento estratégico: em que as decisões a serem tomadas dizem respeito principalmente a problemas externos da empresa;
  • Planejamento administrativo: no qual a preocupação volta-se para a melhor estruturação possível dos recursos – humanos, físicos e financeiros;
  • Planejamento operacional: é aquele em que as atividades previstas buscam a utilização dos recursos da empresa mais eficiente possível em dado período.

Além do planejamento também é necessário que se tenha controle pois somente o planejamento não garantirá a realização dos objetivos da organização. Padrões de desempenhos devem ser estabelecidos para o processo de controle servindo assim como guia para a realização dos objetivos da organização.

Existe uma relação fundamental entre o planejamento e controle. Sem um planejamento efetivo, não haverá um controle real e, sem controle efetivo, o planejamento será inexistente.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s